Single post
PALEOVEGAN

DIETA PALEOLÍTICA: VEGETARIANO/VEGANO PODE ADERIR?

Este é um tema complicado de ser abordado porque vai além do assunto “alimentação” e abrange questões éticas, morais e filosóficas.

Às vezes paro pra pensar que se todos aderissem à uma alimentação paleolítica, não teríamos recursos suficientes para sustentar tantos carnívoros. É sabido que muita gente passa fome no planeta e que todos os grãos* que são hoje destinados para a alimentação de bovinos alimentariam muitas dessas pessoas. Sem falar na quantidade de água necessária para “gerar” apenas 1kg de carne.

Mas não sejamos hipócritas: o dinheiro se concentra na mão dos grandes. Essas pessoas continuariam famintas e esses grãos nem seriam cultivados ou talvez fossem desperdiçados, nunca chegando até os necessitados, infelizmente.

Entendo perfeitamente os motivos éticos, filosóficos e até espirituais daqueles que não comem carne e JAMAIS pensem que esse post é destinado para tentar mudar a opinião deles. Fato é que tendo uma alimentação que exclui carnes, é muito fácil cair de boca nos grãos, exagerar em pães, doces e carboidratos simples que não possuem nutrientes, apenas sabor.

O que me levou a escrever esse post foram dois motivos com nome e sobrenome: (1) quando eu iniciei minha alimentação LCHF, conheci uma moça super atenciosa. Encontrei seus blogs, o primeiro: vegano e o segundo: paleo. Claro que eu fiquei curiosa e perguntei à ela sobre essa transição. Ela me disse que foi muito difícil deixar de lado suas crenças mas que teve a necessidade de mudar seus hábitos. Afirmou que está bem longe de consumir carne todos os dias ou fazer dela a base de sua alimentação, mas que por motivos de saúde, precisou deixar a vida vegana e aderir a uma alimentação com carnes. Escolheu a dieta paleolítica, já que não tinha grandes diferenças frente à sua alimentação por ambas serem bem naturais.

(2) Ontem, aconteceu algo muito parecido, uma amiga veio até mim relatar que achava que a Paleo seria sua salvação. Eu confesso que fiquei bastante surpresa sabendo que ela era vegetariana/vegana. Ela me disse o seguinte: “Acho que você vai me salvar com essa alimentação. Tô há meses sofrendo do estômago, com várias intolerâncias alimentares! E nenhum médico sabe o que é, só me receitaram antidepressivos porque eles melhoram o funcionamento gastrointestinal! De repente, é esse monte de porqueira que a gente coloca pra dentro e não sabe!”.

Essa amiga me relatou que 80% do tempo tem passando mal graças a sua sensibilidade ao glúten e intolerância à lactose. Não aguentava mais: decidiu voltar a comer carne. Falou que sua vida estava entre dores abdominais e prisão de ventre… eu comentei com ela que antes da paleo eu passava pelo mesmo problema e vivia com gastrite, o pior é que eu não era capaz de entender porquê meu intestino não funcionava com perfeição já que minha alimentação era rica em grãos, ou seja: achava que consumia muita fibra. Ela se identificou e acrescentou que sua alimentação era considerada “saudável demais” pra estar relacionada com todos esses problemas.

Mas chega de falar de problemas, vamos à solução:

A resposta do título desse post questionando sobre vegetarianos e veganos aderirem à uma dieta paleolítica é parcialmente positiva: vegetarianos e veganos costumam não consumir carnes, ovos e laticínios. Logo, restam os outros itens citados AQUI para consumo e creio que seria uma alimentação mais restrita do que estão aconstumados (pelo consumo de proteína de soja, derivados do milho e trigo), e necessitaria de suplementos e vitaminas por conta de não comer nada de origem animal, mas seria saudável e nada agressiva para animais.

Mais fácil ainda, seria para um ovo-lacto-vegetariano, porque iria incluir ovos, leite e seus derivados. Aí já abrange os queijos, manteiga, creme de leite e muito sabor, né?

Em resumo: você não precisa largar o vegetarianismo para ser a favor da paleo, basta buscar nela dicas pra aprimorar sua alimentação e não acabar ingerindo carboidratos de má qualidade em excesso.

Deixo com vocês dicas do melhor profissional estudioso da Paleo no Brasil seguido de um depoimento muito interessante (e triste) de uma mulher que teve que sair do estilo de vida vegano… ela relata os problemas de saúde que enfrentou, chegando a um estado bem preocupante por não acreditar que uma alimentação natural e saudável não fazia bem pro seu corpo. Ela voltou a comer carne e aderiu à Paleo. Foi criticada por muitos e no seu depoimento ela conta detalhes sobre como foi difícil trabalhar seu psicológico, afinal comer carne ia de encontro com seus princípios éticos.

Leia o post do Dr. Souto e o depoimento da ex-vegana aqui.

Eu acredito que algumas pessoas podem sim, viver bem sem carne. Mas a maioria está evolutivamente adaptada com seu consumo, tornando-o essencial.

*(Se você segue a paleo, é preferível comer carne de animais alimentados de pasto. Lê-se: PREFERÍVEL, isso se você tiver acesso, eu não tenho e nem por isso vou deixar de fazer essa dieta. O consumo direto de grãos é vetado)

Se você ficou com alguma dúvida deixa um comentário.

theme by teslathemes